A vida de filhos de pais separados

Consejos para padres separados, por el bien de los hijos

Acredito que este seja um assunto bem delicado, mas vou falar sobre esse assunto como um desabafo. Acredito que cada casal deva ter refletido antes dessa decisão, então aqui será expressado a forma como eu me senti e ás vezes ainda me sinto sobre assunto.

Meus pais se divorciaram quando eu ainda era muito pequena. De certa forma eles discutiam muito, mas eu não me lembro as razões. Naquela época foram ditas ofensas, o que talvez tenha sido motivo desse acontecimento.

Apesar do separação dos meus pais sempre fui muito apegada a ambos. Mas depois que isso aconteceu eu via meu pai apenas nos fins de semana e minha mãe geralmente a noite quando ela voltava do trabalho. Cresci sempre muito sozinha, sem meus pais por perto ficava muito tempo com uma babá que era um pouco racista e chegou a me chamar de “encardida” e “deveria tomar banho na água sanitária”, na época eu tinha mais ou menos uns 4 anos, porém me lembro  até hoje.

Apesar da separação e da saudade de estarmos juntos, torcia pela felicidade de ambos (mesmo que separados, e mesmo sendo tão novinha), queria ter algum irmão (a) para me fazer companhia. Pouco tempo depois meu pai se casou e minha mãe também. E talvez, no começo tenha sido bem difícil para mim. Eu me sentia muito mais sozinha do que antes, como se eu fizesse parte da um nada. Quando eles casaram novamente e começaram a constituir família eu estava no centro e o que as pessoas dizem sobre “ter duas famílias” na verdade me fazia solitária. Eu fiquei muito tempo sem ver meu pai depois que ele se casou e teve a minha irmã do meio, eu chorava todas as noites porque ele não me buscava mais para passar o fim de semana com ele, foi uma fase bem difícil, eu tinha uns 8 anos. Já minha mãe não trabalhava mais, e cuidava dos meus irmão pequenos e da casa. Muitas vezes ela estava estressada demais e ocupada para ser minha companhia.

Geralmente filhos de pais separados se tornam meio solitários. Eu cresci um pouco assim, mas não me faltou amor. Eu sei que eles me amam, mas foi assim que passei a minha infância. Apesar de isso ter acontecido a mais de 20 anos, se eu pudesse teria feito tudo para que eles não se separassem e eu pudesse ter nossos momentos juntos novamente.

banner final

Anúncios

2 comentários em “A vida de filhos de pais separados

  1. Um assunto super complicado mesmo, mas apesar de todos os momentos se sentindo sozinha você cresceu e se tornou uma mulher maravilhosa, super amorosa e compreensiva, você é um exemplo jessie ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s